Receita vê confusão operacional em entidades ligadas a Lula

"Há uma confusão operacional entre as duas entidades, uma com receitas tributadas e outra com receitas isentas", disse auditor

Receita Federal investiga na nova fase da operação Lava Jato uma possível “confusão operacional e financeira” entre duas entidades ligadas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, uma empresa de palestras e o Instituto Lula, disse um auditor da ReceitaRoberto Lima nesta sexta-feira.

“Há uma confusão operacional entre as duas entidades, uma com receitas tributadas e outra com receitas isentas”, disse auditor em entrevista coletiva em Curitiba, onde estão concentradas as investigações da Lava Jato.

Segundo o auditor da Receita, as cinco maiores empresas que pagaram palestras à empresa de Lula são as mesmas que doaram os maiores valores ao Instituto Lula de 2011 a 2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s