Rede também vai pedir à PGR afastamento de Jucá

Rodrigues classificou como "gravíssima" conversa divulgada entre Jucá e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado (PMDB)

Brasília – O senador Randolfe Rodrigues (AP) afirmou nesta segunda-feira, 23, que seu partido, a Rede Sustentabilidade, vai entrar com representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo, “no mínimo”, o afastamento do senador Romero Jucá (PMDB-RR) do cargo de ministro do Planejamento.

Rodrigues classificou como “gravíssima” conversa divulgada entre Jucá e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado (PMDB), na qual o senador sugere um “pacto” pelo fim da Operação Lava Jato.

“Mostra o grau de envolvimento não só do senador, mas do governo (Michel) Temer contra a Lava Jato”, afirmou o parlamentar da Rede.

Randolfe disse que a Rede marcou uma reunião extraordinária para 19h desta segunda-feira, quando os membros da direção da sigla devem fechar os detalhes da representação na PGR.

Segundo ele, a legenda ingressará com a ação ainda nesta semana, independente da representação semelhante que o PSOL também promete apresentar.

O senador da Rede afirmou que a sigla apoiará a representação no Conselho de Ética do Senado contra Jucá prometida pelo PDT, mas não subscreverá, para evitar que ele seja impedido de relatar o caso no colegiado.

Meta fiscal

Jucá afirmou nesta segunda-feira que está mantida a sua ida, ao lado de Michel Temer, ao Congresso Nacional para entregar a nova meta fiscal ao presidente da Casa, Renan Calheiros.

“Levaremos proposta ao Renan às 16h e há a previsão de votação amanhã (terça-feira)”, frisou.

O dirigente do Planejamento, que é alvo de investigação da Operação Lava Jato, afirmou que seu foco “é a economia” e não a Lava Jato.

Jucá ressaltou ainda que está trabalhando, ao lado de Henrique Meirelles (ministro da Fazenda) e Temer, para a recuperação da economia.

Questionado sobre o vazamento de sua conversa com o ex-senador Sérgio Machado, Jucá afirma que quando fala sobre “estancar a sangria” estava se referindo à economia e que o País estava parado.

“Para retomar o rumo é preciso de base parlamentar sólida, medidas econômicas e sociais”, disse.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s