Relator do TCU nega recurso em análise das pedaladas

Se o voto do relator for seguido pelos demais ministros, estará consolidado que, para o TCU, o governo Dilma Rousseff cometeu uma infração grave à LRF

Brasília – O relator do recurso apresentado pelo governo no caso das chamadas “pedaladas fiscais” no Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Vital do Rêgo, negou na tarde desta quarta-feira, 9, o pedido apresentado pelo governo à corte.

A Advocacia-Geral da União (AGU) argumentava que as manobras não caracterizavam operação de crédito. Vital discordou e disse que as transações têm “todos os atributos de operação de crédito vedadas pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)”.

Na prática, se o voto do relator for seguido pelos demais ministros, estará consolidado que, para o TCU, o governo Dilma Rousseff cometeu uma infração grave à LRF.

Em abril, de forma unânime, os ministros condenaram o governo pelas “pedaladas” e consideraram a manobra uma infração da LRF. Em seu voto na análise do recurso, Vital ressaltou que é preciso que as operações sejam incluídas na Lei Orçamentária.

O ministro ainda deu provimento parcial ao pedido do Banco Central (BC) sobre o registro das dívida geradas pelas pedaladas nas estatísticas oficiais de endividamento.

Pelo voto, não será preciso que a autoridade incorpore as pedaladas na dívida pública dos anos de 2013 e 2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s