Rolls-Royce paga; expansão de 0,2%…

Rolls-Royce paga

O conglomerado britânico Rolls-Royce anunciou ontem que fechou acordo de leniência no Brasil, nos Estados Unidos e na Inglaterra, admitindo ter feito pagamento de propinas em diferentes países. O acordo total será de 2,6 bilhões de reais, dos quais 81 milhões de reais ficarão com o Brasil. A Rolls-Royce faturou 52 bilhões de reais em 2015 e teria se envolvido em esquema de corrupção em pelo menos 12 países. No Brasil, foi denunciada em delação pelo ex-diretor da Petrobras Pedro Barusco.

“Chance zero”

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira que a chance de alguma investigação da Operação Lava-Jato chegar até seu governo é “zero”. “Não há a menor possibilidade disso”, disse em entrevista à agência de notícias Reuters. Na mesma entrevista, o presidente admitiu que a recuperação econômica pode ser lenta, principalmente na questão do desemprego. “Nós temos de nos ater muito à questão do desemprego, essa é a principal preocupação, e isso significa o crescimento da economia”, disse. Ele justificou afirmando que, por mais que muitas empresas tenham demitido, muitas mantiveram certa capacidade ociosa, o que faz com que elas não precisem contratar, mesmo com o crescimento voltando.

“A Câmara decide”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, declarou nesta segunda-feira que a eleição para a presidência da Casa, que deve ser realizada no próximo dia 2, é uma questão interna. Adversários políticos de Maia defendem a impossibilidade de que ele concorra ao cargo e que o Supremo Tribunal Federal decida sobre a questão. Maia refutou a hipótese e disse que a possibilidade de sua candidatura é uma questão interna a ser decidida pelo jurídico da Câmara. A presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia deu dez dias para que a Câmara se manifeste sobre o caso.

Crescimento de 0,2%?

O FMI reduziu a perspectiva de crescimento do Brasil para este ano para 0,2%. A projeção anterior do fundo, a mesma apontada no Boletim Focus desta semana, era de crescimento econômico de 0,5% em 2017. Segundo o FMI, a redução vem diante de um cenário no país pior do que o esperado em 2016 — o Brasil deve crescer abaixo da média da América Latina e do Caribe, uma estimativa de 1,2% para este ano. Em 2018, o fundo manteve as previsões: 1,5%, também abaixo das perspectivas continentais, que giram em torno de 2,1%.

_

Dinheiro na agricultura

O governo deve anunciar nos próximos dias o investimento de 12 bilhões de reais para o pré-custeio da safra agrícola 2017/2018. As informações são da agência de notícias Reuters. O montante é 20% maior do que o oferecido para financiar a safra anterior. “Vamos injetar na agricultura 12 bilhões de reais. O plano pré-safra vai ser anunciado esta semana ou a semana que vem”, disse o presidente Michel Temer. Os recursos devem ser destinados para compra de insumos, como sementes, fertilizantes, defensivos e subsídio de juros no crédito agrícola.

_

A resistência da BMW

A montadora alemã BMW informou que vai manter seus planos de abrir uma fábrica em San Luis de Potosí, no México, em 2019. A decisão vem mesmo após o presidente americano eleito, Donald Trump, ameaçar numa entrevista no domingo 15 impor uma taxação de 35% aos automóveis da BMW vendidos nos Estados Unidos. No passado, as declarações de Trump já fizeram com que outras montadoras mudassem de ideia, como a Ford, que cancelou uma fábrica de 1,6 bilhão de dólares no México. Em resposta, o ministro da Fazenda alemão e vice-chanceler, Sigmar Gabriel, alfinetou dizendo que, com uma taxação de 35%, “a indústria automotora americana ficará pior, mais fraca e mais cara”.

Alemanha vs. Trump

Na mesma entrevista do domingo 15 em que ameaçou taxar a BMW, Trump também desagradou o governo alemão em outros temas. O presidente eleito americano disse que Merkel cometeu um “erro catastrófico” ao aceitar refugiados no país, afirmou que o Brexit é “ótimo” e que será “difícil” manter a União Europeia. Trump também criticou a Otan, chamando a organização militar ocidental de “obsoleta”. Embora tenha reiterado nesta segunda-feira que a Alemanha vai “cooperar” com Trump “em todos os assuntos”, Merkel respondeu dizendo não se importar com as opiniões do americano. “Nós europeus temos nossos destinos em nossas mãos”, disse.

Se conselho fosse bom…

Assim como Merkel, o presidente francês François Hollande também respondeu às declarações de Trump. Hollande disse que a União Europeia “não precisa de conselhos de fora para lhe dizer o que fazer” e defendeu a Otan, afirmando que a aliança militar só se tornará obsoleta quando “as ameaças se tornarem obsoletas”. Hollande deixa o cargo em quatro meses e uma das candidatas a substitui-lo é Marine Le Pen, do partido de extrema-direita Frente Nacional, que já elogiou Trump em diversas oportunidades. O atual secretário de Estado americano, John Kerry, disse que é “inapropriado” que Trump interfira em assuntos de outros países.

Samsung: pedido de prisão

Autoridades da Coreia do Sul pediram a prisão preventiva do presidente da Samsung, Jay Y. Lee, de 48 anos. O executivo já havia sido interrogado na semana passada e agora, um tribunal de Seul decidirá se aceita ou não o pedido. A Samsung é acusada de ter pago 36,4 milhões de dólares a fundações de uma amiga próxima da presidente sul-coreana, Park Geun-hye, em troca de permissão estatal para uma fusão de duas de suas companhias afiliadas. A possível influência da amiga de Park no governo levou a um processo de impeachment da presidente.

Luxottica e Essilor

A empresa de armações de óculos Luxottica e a fabricante de lentes Essilor anunciaram uma das maiores fusões da história europeia. Se o acordo for aprovado por autoridades regulatórias, o valor de mercado da nova empresa é estimado em 46,3 bilhões de euros e a receita pode girar em torno de 15 bilhões de euros. A Luxottica, francesa, é dona de Ray-Ban and Oakley, enquanto a Essilor é proprietária das lentes Varilux e Transitions.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s