Seguranças da Câmara recolhem equipamentos de jornalistas

Na madrugada desta quarta-feira, 17, Cardoso havia dito aos jornalistas que eles poderiam acompanhar a votação

Brasília – Com a decisão do PMDB de retirar jornalistas do plenário onde acontece a eleição da liderança do partido na Câmara, seguranças da Casa recolheram bolsas e equipamentos dos repórteres que estavam sobre mesas e cadeiras. O material foi deixado na porta da sala.

De acordo com a assessoria de imprensa da liderança do PMDB, a decisão de fazer a votação a portas fechadas foi do deputado Newton Cardoso Júnior (MG), que preside a sessão.

Apesar da restrição, assessores do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), permaneceram no plenário. No ano passado, a sessão havia sido aberta.

Na madrugada desta quarta-feira, 17, Cardoso havia dito aos jornalistas que eles poderiam acompanhar a votação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s