Temer defende aprovação de PEC sobre doação empresarial

Temer defendeu, durante a reunião ministerial, que a votação da proposta que autoriza a doação de empresas a campanhas poderia distensionar o clima no Congresso

Brasília – O vice-presidente Michel Temer defendeu, durante a primeira reunião com a nova equipe ministerial nesta quinta-feira, 8, que a votação da proposta que tramita no Senado e autoriza a doação de empresas a campanhas eleitorais poderia distensionar o clima no Congresso.

Na semana passada, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), divergiram sobre o tema e não chegaram a um acordo sobre acelerar a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que trata do tema.

O assunto, historicamente, coloca em lados opostos PT e PMDB. Enquanto o partido da presidente Dilma Rousseff sempre defendeu o financiamento público exclusivo de campanhas, o do vice considera adequado um partido receber doações empresariais.

No mês passado, Dilma decidiu seguir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e vetar o ponto da reforma política aprovada pela Câmara que permitia o financiamento empresarial de campanha. Na ocasião, Temer já havia defendido que era a favor da votação da PEC que tramita no Senado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s