Testemunha depõe em ação penal contra Eduardo Cunha

O deputado acompanhou presencialmente o depoimento, que foi conduzido pelo juiz instrutor do STF Paulo Marcos de Farias

Uma testemunha de acusação na ação penal que corre no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) depôs hoje (8) na capital paulista.

O deputado acompanhou presencialmente o depoimento, que foi conduzido pelo juiz instrutor do STF Paulo Marcos de Farias, segundo informações da Justiça Federal em São Paulo.

O depoimento de Júlio Gerin de Almeida Camargo começou por volta das 14h, na Seção Judiciária do estado de São Paulo, e terminou às 20h. Tanto Camargo quanto Cunha não falaram no fiml da audiência e saíram pela garagem.

Ricardo Gobbetti, também testemunha de acusação e que deveria ser ouvido hoje, foi dispensado, porque o advogado de Cunha alegou não ter sido avisado sobre seu depoimento.

Uma terceira testemunha, Leonardo Meirelles, não teria sido encontrada para receber a intimação e, por isso, não compareceu. Ambos, porém, tiveram depoimento adiado para o dia 22 deste mês.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s