TSE autoriza PF a coletar provas contra Dilma e Temer

A autorização da ministra permite que os agentes federais tenham liberdade para investigar a campanha de reeleição da petista, em 2014.

São Paulo – A ministra Maria Thereza de Assis, relatora das quatro ações do TSE que pedem a cassação da chapa da presidente Dilma Rousseff e de Michel Temer, emitiu um despacho autorizando a Polícia Federal a coletar provas para embasar os processos. 

Na prática, a autorização da ministra permite que os agentes federais tenham liberdade para investigar a campanha de reeleição da petista, em 2014.

As ações acusam a chapa Dilma-Temer de ter usado recursos públicos para promover a campanha eleitoral. A denúncia ainda diz que os valores ilícitos seriam oriundos do esquema corrupção na Petrobras, que poderiam ter sido misturados com as doações oficiais. 

Segundo informações da coluna Lauro Jardim, do jornal O Globo, a relatora também pediu que os depoimentos feitos por executivos da Andrade Gutierrez sejam compartilhados com o TSE. 

Enquanto isso, a presidente se prepara para ir a Nova York, nos Estados Unidos, para participar de uma reunião na Organização das Nações Unidas (ONU). 

Ela deve retornar ao Brasil neste sábado (23).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s