Veja como foi o 6º ato contra o reajuste de tarifas em SP

O Movimento Passe Livre saiu (mais uma vez) às ruas nesta terça-feira (26). O protesto seguiu de forma pacífica.

São Paulo – Nesta terça-feira (26), o Movimento Passe Livre (MPL) saiu mais uma vez às ruas em protesto ao reajuste das tarifas do transporte público em São Paulo.

A concentração do grupo foi marcada em frente a estação da Luz, região central da capital paulista. E, apesar do Secretário de Segurança Pública de São Paulo (SSP), Alexandre Moraes, já ter declarado que a Polícia Militar (PM) vai interferir quando o trajeto dos manifestantes não for estipulado previamente, o MPL não cedeu.

“Manteremos o nosso diálogo aberto com os manifestantes, conversando sobre o trajeto do ato em nossa concentração. Não cabe ao Estado decidir a forma dos movimentos sociais se organizarem! A sociedade não pode aceitar essa imposição!”, diz o Movimento em sua página no Facebook.

Apesar do MPL não seguir o trajeto estipulado pela PM, a polícia acatou a decisão do grupo e seguiu os manifestantes de forma pacífica da estação da Luz até a Câmara Municipal. 

26/01/2016 – 20:37

Termina em SP o 6º ato contra o reajuste das tarifas

Os manifestantes se dispersam e, segundo a PM, eles serão acompanhados até a Praça da Sé.

Segundo o MPL, duas mil pessoas participaram do protesto.

26/01/2016 – 20:28

“Amanhã vai ser maior”

Em jogral, MPL encerra o protesto de forma pacífica e convoca novo ato para quinta-feira (28), às 19h. 

O grupo começa a seguir em direação ao metrô.

Até agora, nenhuma pessoa foi detida.

 

26/01/2016 – 20:25

Grupo dá início ao encerramento do ato

26/01/2016 – 20:23

Passeata chega à Câmara Municipal

Os manifestantes chegam ao ponto final do trajeto estipulado no início do protesto.

26/01/2016 – 20:22

Veja a opinião de especialistas e dos movimentos sociais

“No modelo atual, só se beneficiam os empresários de transporte, que descobriram que dá para tirar dinheiro investindo nas concessões. O transporte como direito está cerceado pelo preço”, diz Altino de Melo Prazeres Júnior, presidente do Sindicato dos Metroviários de São Paulo.

É justo aumentar o preço das tarifas de transporte público?

26/01/2016 – 20:14

Ato caminha pela região central e chega à Av. 9 de Julho

:: CHEGA AÍ QUE TODA HORA É HORA DE LUTAR CONTRA O AUMENTO

Publicado por Passe Livre São Paulo em Terça, 26 de janeiro de 2016

26/01/2016 – 19:58

Protesta chega à praça da República

De acordo com o MPL há 40 viaturas da PM no local. Até agora, a estação não foi bloqueada pelos policiais. 

26/01/2016 – 19:53

Tropa de choque entra em formação

26/01/2016 – 19:51

PM impede ato de prosseguir

O grupo está na esquina da Avenida Ipiranga com a Avenida Rio Branco.

26/01/2016 – 19:41

Manifestação chega à Avenida Ipiranga

O próximo destino é a Praça da Repúblia. O ato segue pacífico. 

26/01/2016 – 19:31

“Deixa passar a revolta popular”

Após impedir a passagem do ato por alguns minutos, a Polícia Militar acaba de liberar o acesso do grupo. No meio da Avenida Cásper Líbero, ouvem-se os gritos “Deixa passar a revolta popular”.

26/01/2016 – 19:26

Grupo entra na Avenida Casper Líbero

“Eu quero o fim da Polícia Militar”, cantam, em coro, os manifestantes pela Avenida Casper Líbero, no Centro.

26/01/2016 – 19:14

Manifestantes começam a caminhar pelo centro de SP

26/01/2016 – 18:50

Após votação, grupo decidir seguir até a Câmara Municipal

Das 5 propostas sugeridas no ato, a decisão da maioria foi pelo trajeto que sairá da Estação da Luz e seguirá até a Câmara Municipal.

O caminho percorrerá por:

– Praça Mauá

– Princesa Isabel

– Avenida Rio Branco

– Avenida Ipiranga

– Praça da República

– Avenida São Luís

– Viaduto 9 de Julho

– Câmara Municipal. 

O percurso é similar ao que foi proposto pela PM – que já foi aceito pela polícia. 

26/01/2016 – 18:44

26/01/2016 – 18:34

A tropa segue posicionada na Avenida Tiradentes.

26/01/2016 – 18:25

MPL abre assembleia aberta para definir trajeto

“Estamos coletando e aguardando as propostas de trajeto. Qalquer um pode fazer uma proposta. É só mandar por escrito que nós vamos ler e votar em cada uma delas. Precisamos sair antes que o ato se esvazie. Vamos apressar!”, diz o MPL.

26/01/2016 – 18:17

Manifestantes estão concentrados na Avenida Tiradentes

Os manifestantes e a Polícia Militar (PM) estão concentrados na Avenida Tiradentes, entre o centro e a zona norte da cidade.

“É perfeitamente aceitável o reajuste de trajeto. Desde que seja dentro do que a Secretaria de Segurança Pública definiu na tarde de hoje”, diz a PM presente no local ao coletivo Jornalistas Livres.

26/01/2016 – 18:05

26/01/2016 – 17:54

SSP divulga trajeto do protesto, MPL não se manifesta

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública diz que a comunicação prévia é fundamental para que o trânsito seja reorganizado, bem como o traçado das linhas de ônibus. 

Em resposta, o MPL afirma que não cabe ao Estado decidir como os movimentos sociais devem se organizar.

SP divulga trajeto a ser seguido pelo MPL nesta terça-feira

26/01/2016 – 17:41

Lembre-se: veja como foram os primeiros atos do MPL

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s