Veja como foi o interrogatório de Dilma no Senado

A presidente afastada apresentou pessoalmente sua defesa nesta segunda-feira (29), em um dos momentos mais aguardados do julgamento final do impeachment

São Paulo – O principal capítulo do julgamento final do impeachment de Dilma Rousseff (PT) aconteceu nesta segunda-feira (29). A presidente, que está afastada do exercício do cargo há 110 dias, apresentou pessoalmente sua defesa no Senado. Essa foi a primeira vez que ela compareceu ao plenário na condição de ré.

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, informou que a sessão será retomada amanhã às 10h. 

Veja como foi os bastidores do interrogatório de Dilma que durou mais de 13 horas.

https://www.youtube-nocookie.com/embed/qI0sGrZ6Jyc

23:58
29/8/2016

Fim de sessão

EXAME.com encerra a cobertura ao vivo do interrogatório de Dilma Rousseff. Retornamos nesta terça-feira (30) às 10h.


23:49
29/8/2016

A sessão de hoje está encerrada

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski,diz que a sessão será retomada amanhã às 10h. 


23:48
29/8/2016

Dilma conclui sua fala

"Nós vamos ter que ter a maturidade de não inventar problemas, e enfrentar os imensos problemas que existem", afirma a petista. 

"Acho que a disputa política é absolutamente normal e vantajosa em um país democrático. Mas é muito grave tentar inventar crimes de responsabilidade onde não existem", afirma. "Eu peço aos senhores e senhoras senadoras que tenham consciência na hora de avaliar esse processo. Muito obrigada", conclui a presidente afastada. 


23:43
29/8/2016

Dilma conclui sua fala

O advogado da presidente afastada, José Eduardo Cardozo, abre mão do seu tempo de fala e passa a palavra para as considerações finais de Dilma Rousseff.


23:36
29/8/2016

Dilma responde autora do pedido de impeachment

Em resposta, Dilma apresenta gráficos e diz que o início da crise não foi em 2014. 

"Eu acredito que nós teríamos conseguido superar esse processo se por acaso tivesse havido menos politização na tentativa de inviabilizar o meu governo, que começa logo depois da minha eleição", diz a petista. 


23:29
29/8/2016

Janaína Paschoal questiona Dilma

A advogada Janaína Paschoal questiona por qual motivo países da América Latina conseguiram crescer no ano passado e o Brasil não. "Por que houve cortes em 2015 e não em 2014?", questiona. 


23:17
29/8/2016

Acusação entra em cena

O Miguel Reale Jr, que fale em nome da acusação, questiona Dilma.

Ele pergunta se ela fez reuniões com o secretário de Tesouro em 2015.


23:11
29/8/2016

Fala o último orador

Fala agora o senador Paulo Rocha (PT-BA), o último parlamentar inscrito para questionar Dilma.


23:9
29/8/2016

Janaína se encontra com líderes dos movimentos sociais


23:4
29/8/2016

Troca de cadeiras

O senador Roberto Muniz (PP-BA) questiona que se Dilma fosse senadora – e o acusado fosse um opositor ao seu governo – se o seu voto seria encaminhado pelo conjunto da obra, ou não. 

Ele ainda pede que Dilma detalhe sobre como deveriam ter sido os lançamentos dos créditos dos bancos públicos em relação ao Plano Safra.

Em defesa, a petista diz que independente de onde está sentada, não há crime de responsabilidade. 


Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s