Wada admite problemas preocupantes em laboratório do Rio

Se não houver uma solução até o dia 5 de agosto a Wada terá de transportar diariamente as amostras de sangue e urina dos atletas até Lausanne, na Suíça

A Agência Mundial Antidoping (Wada) anunciou hoje (24) que suspendeu a acreditação do Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem (LBCD) por não conformidade com a normatização internacional.

O laboratório é a unidade de referência para testagem de amostras dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro.

A suspensão vale por seis meses ou até que a própria Wada decida suspendê-la e começou a vigorar na quarta-feira (22), quando o LBCD foi notificado.

Se não for revertida, a medida vai impor que os exames de controle de dopagem dos jogos sejam realizados em outro país, já que há apenas cerca de 30 laboratórios acreditados em todo mundo.

Amostras

No comunicado, a Wada afirmou que vai assegurar que as amostras que seriam verificadas pelo laboratório sejam transportadas com segurança para outro local acreditado.

“Os atletas podem ter confiança de que a suspensão só será revista pela Wada quando o laboratório estiver operando de forma eficiente. E que a melhor solução será adotada para assegurar que a análise de amostras para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos seja robusta”.

A agência também comunicou que um comitê disciplinar será formado em breve para cuidar do caso e deve elaborar uma recomendação sobre a acreditação do laboratório.

Nota

Em nota, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) informou que “as equipes profissionais, instalações e equipamentos do LBCD representam o que há de mais moderno no mundo em controle de dopagem”. Acrescentou que prevê que a suspensão será revertida antes dos Jogos Olímpicos, cuja abertura está marcada para 5 de agosto.

“O laboratório prevê que suas operações poderão voltar ao normal em julho, após a visita técnica do comitê da Wada”, destacou a nota.

“Nos últimos 12 meses, o LBCD foi aprovado nas auditorias realizadas in loco pela Wada e correspondeu com êxito às análises de todas as amostras com testes-cegos realizadas pela agência. Só este ano, o laboratório já realizou com sucesso cerca de duas mil análises de amostras de urina e sangue. Esse padrão de excelência está mantido e poderá ser conferido na próxima inspeção da Wada”, concluiu a nota.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s