Busca por novos mercados incentiva exportações

A crise interna e o dólar alto tornam os produtos brasileiros mais competitivos no mercado externo

Entre as empresas brasileiras que comemoram resultados apesar da crise estão as que apostam nas exportações. Enquanto em 2014 a balança comercial registrou déficit de 4 bilhões de reais, para este ano, a previsão é de superávit de 50 bilhões. 

O incentivo às exportações vem da necessidade de buscar novos mercados, frente à crise interna, e do dólar alto, que torna os produtos brasileiros mais competitivos no mercado externo. O brasileiro Gilberto Lima Junior, vice-presidente da Câmara Americana de Comércio (Amcham-DF) e recém-nomeado alto representante para a América Latina e Caribe dentro da  União dos Exportadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, terá a missão de aproveitar esse momento favorável para promover a exportação pelo país. 

O mercado de trabalho agradece, já que, segundo o Ministério do Desenvolvimento, a cada 1 bilhão de dólares em exportações, são gerados 50 000 empregos no Brasil. 

Esta nota foi publicada originalmente na edição 216 da revista Você S/A com o título “Saldo positivo” e pode conter informações desatualizadas

Você S/A | Edição 216 | Julho de 2016 

Assine

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s