Como lidar quando você odeia o cargo, mas ama a empresa?

Confira três dicas para escapar de um trabalho que você detesta sem sair de uma empresa que você adora

Um estudo feito pelo LinkedIn em 2015 descobriu que 50% dos millenials que deixaram seus empregos, o fizeram por falta de oportunidades de crescimento na carreira. Enquanto para alguns mudar de trabalho é uma decisão fácil de se tomar, para outros é mais complicado, pois, apesar de não estarem felizes em seu cargo, eles amam as empresas na qual estão.

Aaron Michel, co-fundador e CEO da PathSource, escreveu três dicas de como escapar de um trabalho que você odeia sem sair de uma empresa que você ama.

1. Pergunte-se se você está no departamento certo

Escolher uma carreira nunca é fácil. Muitos precisarão de algumas tentativas até descobrir qual área realmente desejam seguir.

O LinkedIn também descobriu que, ao mudar de emprego, 34% das pessoas escolhem um cargo completamente diferente do qual ocupavam anteriormente. Em outras palavras: mudar o rumo da sua carreira drasticamente é mais comum do que você pode imaginar.

Em primeiro lugar, converse informalmente com os colegas de outros departamentos. Veja o que desperta o seu interesse. Faça uma lista de posições que podem ser uma opção melhor para você. Descubra quais são os requisitos para essas funções. Provavelmente, há habilidades que você já possui e outras que você precisa trabalhar.

Em seguida, converse com seu chefe. Fale com o seu gerente sobre querer explorar outras opções dentro da empresa. Seja claro que você não quer deixar a organização, mas você gostaria de experimentar outros papéis.

Fique de olho em vagas que abrem dentro de sua empresa. Se alguma interessar, demonstre abertamente que gostaria de ocupá-la. Por já estar na empresa e ser conhecido, pode ter prioridade na hora de preencher a vaga.

2. Seja voluntário em trabalhos fora da sua área

Talvez você esteja apenas entediado. Você sabe que não está pronto para uma promoção, mas já sabe bem o que faz e as tarefas do dia-a-dia tornaram-se tediosas.

Se for esse o caso, procure oportunidades fora do seu papel para apimentar sua rotina. Talvez existam maneiras de você ajudar sua equipe a ficar mais eficiente. Se ofereça para ajudar os outros. Quando surgir um problema, descubra como resolvê-lo, em vez de apenas passá-lo para o seu superior. Você pode ser surpreendido como isso melhora seus sentimentos em relação ao seu trabalho.

Um estudo da Society for Human Resource Management neste ano descobriu que 89% dos funcionários se sentem mais envolvidos com o seu trabalho, se eles são capazes de tomar medidas quando vêem uma oportunidade. Às vezes, tudo que você precisa é sentir-se um pouco mais envolvido.

3. Discuta abertamente uma promoção

Se você está confiante sobre o seu plano de carreira, mas sente que você superou sua posição, é hora de conversar com seu gerente sobre dar o próximo passo. Converse com seu gestor sobre isso.

Às vezes, para obter o que deseja, tudo o que você tem que fazer é pedir.

Um estudo de 2014 feito pela Accenture descobriu que, enquanto apenas 44% dos trabalhadores pediram uma promoção, 68% daqueles que pediram conseguiram.

Venha armado com provas concretas de como o seu trabalho tem impactado a organização.

Não tenha medo de perguntas sobre o por que você ainda não avançou na empresa. Isso vai ajudá-lo a se concentrar em maneiras de melhorar e se preparar para a próxima etapa. Você pode até mesmo ver se é possível começar lentamente a assumir novas responsabilidades, a fim de provar que você pode lidar com um novo papel.

“Você pode amar a sua organização, mas querer desesperadamente querer um cargo diferente. Você pode sorrir e aguentar ou relutantemente sair para outro emprego. Ou em vez disso, você poderia tomar a situação em suas próprias mãos. Não tome o caminho mais fácil”, finaliza Michel.

* Este artigo foi originalmente publicado por 99jobs

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s