Precavenho ou precavejo, você sabe qual é o certo?

Diogo Arrais, professor do Damásio Educacional, fala sobre a flexão do verbo precaver

* Escrito por Diogo Arrais, professor de Língua Portuguesa do Damásio Educacional

Precavenho ou precavejo? Dúvida cruel de muita gente que necessita da língua-padrão, da Gramática Normativa, no dia a dia.
O fato é que o verbo “precaver” é defectivo. Todos os defectivos são aqueles para os quais faltam formas flexionais. Alguns exemplos clássicos: banir, colorir, demolir, adequar, reaver. 

Sendo assim, a solução está no uso de uma expressão com significado semelhante. Que significa “precaver”? É acautelar com antecipação, prevenir, precatar. Se não há “precavenho” ou “precavejo”, busca-se um “tomo cuidado”, um “previno” ou o que é muito comum como resposta em concursos: “acautelo-me”.

As bancas examinadoras mais normativas são mestras quanto à cobrança da velha pergunta – Qual é a primeira pessoa do presente do indicativo de PRECAVER? Vá direto à resposta tendo em vista a significação verbal.

No entanto, a defectividade (conforme defendem eminentes linguistas) depende do tempo, do uso, da aceitação. Em argumento mais simples: é possível que, a depender da aceitação, um termo, um verbo passe a não mais ser defectivo, faltoso.

Com maior facilidade aos recursos tecnológicos, são valiosos os aplicativos-dicionários. Ao procurarmos, pela conjugação de reaver – por exemplo -, veremos a incompletude no presente do indicativo.

Em acordo à citada recomendação gramatical, sabe-se que “reaver” significa recuperar. Às formas faltantes, podemos usar “eu recupero”, “tu recuperas”, “ele recupera”, “eles recuperam”.

Diante da falta da conjugação, recorra à significação do verbo e adapte-se por semelhança.

Um abraço, estou no Instagram e até a próxima!

()

Diogo Arrais
@diogoarrais
Professor de Língua Portuguesa – Damásio Educacional
Autor Gramatical pela Editora Saraiva

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s