Promotor será indenizado por ser forçado a buscar “cura gay”

Promotor de eventos receberá uma indenização de R$ 25 mil após ser demitido por ser gay

Um promotor de eventos receberá uma indenização de R$ 25 mil após ser demitido por ser gay. O profissional passou a ser perseguido no trabalho depois de assumir sua orientação sexual e deixar de ir ao culto evangélico frequentado pelos donos da empresa.

Segundo o trabalhador, após se afastar do culto, passou a ser convocado para reuniões com os sócios e com o pastor da igreja para “tratar da sua orientação sexual” e de seu retorno à entidade religiosa. Além de ouvir sermões, ele foi tratado como “pessoa inconstante”, “sem caráter” e “ladão”. Logo depois, foi demitido e desalojado da casa que alugava, nas dependências da empresa.

Intimada pela 7ª Vara do Trabalho de Florianópolis (Santa Catarina), a empresa não chegou a comparecer à audiência e foi condenada à revelia. Na avaliação do juiz Carlos Alberto Pereira de Castro, a empresa expôs o funcionário ao constrangimento.

“Trata-se de procedimento vexatório, que excede o limite de cobrança e gerenciamento, transformando-se em violação à intimidade e dignidade do empregado.”

Além da indenização, a empresa foi condenada a restituir ao funcionário bens como fogão, geladeira e sofá, que ficaram retidos na empresa. Juntos, eles somam R$ 9,3 mil. A empresa não recorreu da decisão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s