A Previdência avança

Se teve novas complicações no curto prazo, o governo deu ontem um passo importante para resolver um dos grandes problemas estruturais das finanças brasileiras. O presidente Michel Temer apresentou nesta segunda-feira o texto final da reforma da Previdência em evento com líderes do Congresso e de centrais sindicais. O projeto será levado aos parlamentares nesta terça-feira.

Os pormenores são aqueles adiantados por declarações dos ministros da área econômica: idade mínima de 65 anos, com mínimo de 25 anos de contribuição e teto do benefício a partir dos 50 anos de trabalho. As regras são válidas para homens com menos de 50 anos e mulheres abaixo dos 45. Segundo cálculo do governo, a economia será de 678 bilhões de reais nos próximos dez anos.

Temer lembrou que o Parlamento já aprovou diversas pequenas reformas previdenciárias, mas comentou a importância de se realizar uma reforma definitiva agora. “Ou enfrentamos o problema de frente ou vamos condenar as pessoas a baterem nas portas da Previdência para nada receberem”, disse. “Reforma da Previdência não é questão de desejo, não é questão nem de decisão, é uma necessidade”, afirmou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

No Congresso, é improvável que o texto passe sem alterações, ainda mais no ambiente belicoso que vivemos. Mas Temer fez ontem um apelo para que os parlamentares “levem em conta” a realidade difícil que o país vive. Para um governo que precisa desesperadamente de boas notícias, o avanço da Previdência certamente foi uma delas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s