Argentina lança cédula de 500 pesos em meio a alta inflação

O Banco Central anunciou que também lançará as cédulas de 200 e 1.000 pesos

Autoridades monetárias da Argentina lançaram nesta sexta-feira a cédula de 500 pesos, depois de 25 anos com a de 100 pesos como de maior valor em circulação.

O Banco Central anunciou que também lançará as cédulas de 200 e 1.000 pesos (13 e 66 dólares na atual cotação, respectivamente). Em 1991, quando o governo de Carlos Menem estreou a cédula de 100 pesos, ela equivalia a 100 dólares.

A emissão desta nova cédula acontece num momento de escalada inflacionária na Argentina, que ronda os 25% nos primeiros cinco meses de 2016, segundo consultoras privadas. A inflação anual está em 42%, segundo o ministério da Fazenda.

Este lançamento está acompanhado pela conversão em moedas das cédulas de 2, 5 e 10 pesos.

O governo do presidente Mauricio Macri prometeu que a inflação iria baixar a partir do segundo semestre.

O objetivo de fechar este ano com uma inflação entre 20% e 25% será superado pelos bruscos aumentos de tarifas de serviços básicos, que foram de 200% a 900% e, em alguns casos, a 2.000%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s