Bancos da Itália permanecem sólidos com Brexit, diz ministro

Após a votação do Reino Unido para deixar a União Europeia, o grupo analisou a situação e viu que os "fundamentos do sistema bancário permanecem sólido"

Roma – O Ministério da Economia da Itália disse nesta sexta-feira que o sistema bancário do país “permanece sólido”, e qualquer efeito da votação do Reino Unido para sair da União Europeia sobre a economia italiana será “limitado”.

Em um comunicado divulgado hoje, o ministério disse que o ministro da Economia, Pier Carlo Padoan, tinha presidido uma reunião de um grupo de autoridades financeiras italianas, incluindo o presidente do Banco Central da Itália, Ignazio Visco.

Após a votação do Reino Unido para deixar a União Europeia, o grupo analisou a situação e viu que os “fundamentos do sistema bancário permanecem sólido”, uma vez que o programa de compra de títulos do Banco Central Europeu tem proporcionado estabilidade ao mercado italiano da dívida soberana.

Além disso, o grupo acredita que o voto “terá efeitos limitados sobre a economia italiana subjacente”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s