Cesta básica de São Paulo subiu 1,30% em outubro, diz Procon

O preço médio do conjunto de 31 produtos pesquisados ficou em R$ 452,02. Em 2015, o preço da cesta básica registra alta de 6,90%

São Paulo – A cesta básica do paulistano ficou mais cara em outubro. Pesquisa da Fundação Procon-SP em convênio com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) indicou alta de 1,30% ante setembro.

O preço médio do conjunto de 31 produtos pesquisados ficou em R$ 452,02. Em 2015, o preço da cesta básica registra alta de 6,90%. Nos últimos 12 meses, o aumento é de 12,89%.

Os produtos de alimentação e limpeza tiveram em outubro alta de 1,27% e 4,13%, respectivamente, enquanto o item higiene pessoal registrou baixa de 1,47%. Dos 31 itens pesquisados, 21 apresentaram alta, 9 diminuíram de preço e 1 permaneceu estável.

Os produtos com as maiores altas foram salsicha avulsa (11,53%), sabão em pó (7,72%), açúcar refinado (7,30%), absorvente aderente (6,27%) e carne de segunda sem osso (4,46%).

Já as maiores quedas foram registradas nos preços de cebola (-35,09%), papel higiênico fino branco (-7,67%), ovos brancos (-3,96%), batata (-2,36%) e macarrão com ovos (-2,04%).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s