China injeta 62 bilhões de euros no sistema financeiro

É a quarta injeção de liquidez consecutiva desde a semana passada e coincide com a véspera das férias do Ano Novo lunar

O Banco do Povo da China (PBOC, Banco Central) injetou hoje (26) 440 bilhões de yuan (62 bilhões de euros) no sistema financeiro do país, a maior operação do gênero desde fevereiro de 2013.

É a quarta injeção de liquidez consecutiva desde a semana passada e coincide com a véspera das férias do Ano Novo lunar, período marcado pelo aumento do consumo.

As operações foram feitas por meio de acordos de recompra (repos), mecanismo que pressupõe a recompra dos títulos vendidos dentro de um prazo estabelecido.

Desde que, no dia 19 de janeiro, o Gabinete Nacional de Estatísticas revelou crescimento da economia chinesa de 6,9% em 2015 – o ritmo mais lento dos últimos 25 anos – o PBOC fez quatro injeções de liquidez.

A instituição justifica as operações com a necessidade de garantir liquidez no sistema financeiro durante a principal festa das famílias chinesas, que começa em 8 de fevereiro.

A quantia investida no período supera em muito a do exercício de 2015, que foi de 80 bilhões de yuan.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s