CMN muda regra de exigibilidade de bancos públicos

O Conselho Monetário Nacional alterou regras para o cálculo das exigibilidade sobre depósitos à vista dos bancos públicos

O Conselho Monetário Nacional (CMN) alterou nesta quinta-feira as regras para o cálculo das exigibilidade sobre depósitos à vista dos bancos públicos, em medida que irá ampliar os recursos destinados à agricultura em 2 bilhões de reais, sendo 1 bilhão de reais neste semestre.

De acordo com a resolução, os bancos públicos passam a ser obrigados a direcionar para a agricultura 34 por cento do saldo dos depósitos à vista dos recursos dos respectivos governos e de autarquias e empresas de economia mista com participação majoritária estatal.

Para preservar a estrutura de liquidez dos bancos sujeitos à nova regra, o CMN determinou que a medida passa a vigorar de forma escalonada a partir de primeiro de fevereiro, e será concluída em 1 de junho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s