Conab prevê produção de 210,5 milhões de t na safra 2015/16

O volume representa 1,4% a mais do que a safra anterior (ou mais 2,8 milhões de toneladas)

São Paulo – O Brasil deve produzir recorde de 210,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2015/16, em fase inicial de colheita.

O volume representa 1,4% a mais do que a safra anterior (ou mais 2,8 milhões de toneladas), segundo o quarto levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta terça-feira, 12.

De acordo com a pesquisa, o destaque é a soja, com crescimento de 6,1%, passando de 96,2 milhões para 102,1 milhões de toneladas. O aumento foi impulsionado pelos preços da oleaginosa no mercado mundial.

O maior produtor de soja é o Estado de Mato Grosso, com 28,3 milhões de toneladas, o que representa cerca de 28% da safra nacional, seguido do Paraná, com 18,5 milhões de toneladas.

Com relação ao milho (1ª safra), os números apresentam uma redução de 7,7%, passando de 30,1 milhões para 27,8 milhões de toneladas. Isso ocorre, segundo o levantamento, porque os produtores vêm optando pelo plantio de soja na mesma área do milho. Após a colheita da soja, os agricultores devem iniciar o plantio do milho 2ª safra.

Segundo a Conab, a estimativa de área plantada no Brasil totaliza 58,5 milhões de hectares, com aumento de 0,9% sobre a safra passada, que foi de 57,9 milhões de hectares.

“Esse fator deve-se unicamente ao crescimento de 3,5% (1,1 milhão de hectares) da área de soja”, afirma a entidade. As outras culturas apresentaram decréscimo na área de plantio, com exceção da mamona, que teve um crescimento significativo de 56,4%, passando de 82,1 mil para 128,4 mil hectares.

A Conab fez a pesquisa entre os dias 13 e 19 de dezembro. O secretário de Política Agrícola, André Nassar, do Ministério da Agricultura, deverá participar da entrevista com jornalistas, dentro de instantes, para detalhar os números da pesquisa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s