Desemprego na América Latina subirá para 6,6% em 2015

Segundo relatório da Cepal e OIT, a desaceleração econômica da região fará com que a taxa de desemprego aumente 0,6%

Santiago – A desaceleração econômica da América Latina e o Caribe está afetando os indicadores trabalhistas e fará com que a taxa de desemprego urbana na região aumente dos 6% registrados no ano passado para 6,6% ao fim de 2015, segundo um relatório da Cepal e da OIT divulgado nesta terça-feira em Santiago.

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) elaboraram uma nova edição do relatório “Conjuntura laboral na América Latina e no Caribe”, no qual revisam a evolução dos mercados de trabalho da região no primeiro semestre do ano.

Além disso, as instituições preveem que as desfavoráveis perspectivas de crescimento econômico para este ano na região, com uma recessão estimada em 0,3%, serão refletidas em um “persistente enfraquecimento da demanda laboral e da geração de emprego assalariado”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s