Gasto estrangeiro no Rio-2016 deve gerar US$ 200 mi

O valor, no entanto, é muito inferior ao registrado na Copa do Mundo de 2014, quando ficou próximo a US$ 900 milhões

Brasília – O chefe do departamento econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel, disse nesta terça-feira, 26, que a autoridade monetária espera um incremento de US$ 200 milhões com gastos de estrangeiros no Brasil em função das Olimpíadas.

O valor é muito inferior ao registrado na Copa do Mundo de 2014, quando ficou próximo a US$ 900 milhões, segundo o técnico. O valor impactará o resultado das contas de julho, agosto e setembro.

Maciel argumentou que o fato de o evento ser quase todo centralizado no Rio de Janeiro pode explicar a estimativa menor. O número foi calculado levando em conta os resultados apresentados nos países sede das últimas três edições dos Jogos Olímpicos.

Ele ressaltou que esse valor será adicional ao que normalmente é registrado de gastos no País. “A cidade do Rio de Janeiro já tem um fluxo permanente”, lembrou.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s