Inflação sofre forte desaceleração na China

O índice de preços ao consumidor (IPC) registrou em setembro uma alta em ritmo anual de 1,6%

A inflação chinesa sofreu uma forte desaceleração em setembro, em uma nova demonstração da perda de dinamismo da segunda economia mundial, segundo dados oficiais publicados nesta quarta-feira.

O índice de preços ao consumidor (IPC) registrou em setembro uma alta em ritmo anual de 1,6%. Em agosto, subiu 2%, em sua maior alta em doze meses, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS).

Outro índice, o PPI (que segue a evolução dos preços dos produtos em sua saída da fábrica) registrou em setembro seu 43º retrocesso consecutivo, de 5,9% interanual, similar ao de agosto.

Este dado mostra a fragilidade da atividade industrial na China.

A economia chinesa registra seus índices de crescimento mais baixos em quase 25 anos. Em 2014, o PIB do país asiático cresceu 7,4% e no primeiro semestre deste ano, caiu para 7%.

Os dados da inflação tiveram um impacto negativo nos mercados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s