Intenção de Consumo das Famílias tem maior queda desde 2010

Em relação a maio de 2015, o indicador recuou 27,5%, marcando a 41ª queda consecutiva da ICF na comparação anual

Rio de Janeiro – A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) caiu 4,6% de abril para maio deste ano, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Essa foi a terceira queda consecutiva da ICF neste tipo de comparação. Ao atingir 69,9 pontos, a Intenção de Consumo das Famílias chegou ao menor patamar desde o início da série histórica, em janeiro de 2010.

Em relação a maio de 2015, o indicador recuou 27,5%, marcando a 41ª queda consecutiva da ICF na comparação anual, pois a Intenção de Consumo das Famílias tem tido recuos desde janeiro de 2012.

Na comparação mensal, os componentes da ICF que mais recuaram foram a avaliação sobre o nível de consumo atual (-8,7%), na compra a prazo (-5,6%) e na renda atual (-5,4%).

Já na comparação anual, as maiores quedas foram observadas no nível de consumo atual (-39,2%), no momento para a compra de bens duráveis (-39,1%) e na perspectiva de consumo (-37,5%).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s