Maduro diz que preços do petróleo precisam ser mais justos

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que os preços globais do petróleo precisam ser mais justos para encorajar investimentos

ISTAMBUL – Os preços globais do petróleo precisam ser mais justos e realistas para encorajar investimentos, e membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) precisam alcançar um acordo para trazer estabilidade às cotações, disse o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, em um congresso do setor de energia nesta segunda-feira.

“Os membros da Opep precisam alcançar um acordo e precisam trabalhar pela estabilidade da indústria do petróleo. Os preços precisam ser mais justos, mais realistas, e ele precisam ser um incentivo para investidores”, disse Maduro no Congresso Mundial de Energia, em Istambul.

Ele disse esperar que um acordo seja fechado na reunião de ministros de energia marcada para a quarta-feira, acrescentando que a Venezuela está pronta para ser parte de qualquer aliança de produtores.

A Venezuela, que tem sofrido com uma profunda crise econômica causada pelo recuo dos preços do petróleo, tem pressionado por um acordo há meses e tem dito que espera que países de fora da Opep apoiem as iniciativas para impulsionar o valor da commodity.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s