Moody’s eleva nota da dívida soberana da Argentina

A Moody's indicou em comunicado que tomou a decisão pela "expectativa de que a Argentina resolverá as reclamações dos credores"

A agência de classificação financeira Moody’s melhorou a nota da dívida soberana de Argentina de “Caa1” para “B3”, ainda no nível especulativo, após a decisão da justiça dos Estados Unidos, que permitirá ao país voltar aos mercados e pagar os credores da dívida em moratória desde 2001.

A Moody’s indicou em comunicado que tomou a decisão pela “expectativa de que a Argentina resolverá as reclamações dos credores” e pela “melhora das políticas econômicas desde que Mauricio Macri assumiu a presidência”.

A classificação dos bônus sob legislação estrangeira e dos bônus reestruturados sob legislação local em moeda estrangeira também foi elevada de “Caa2” para “B3”, acrescentou a agência.

“A probabilidade de que Argentina realize o pagamento dos bônus reestruturados aumentou significativamente depois da decisão da Corte de Apelações do Segundo Circuito de Nova York a favor da Argentina, que aconteceu em 13 de abril”, afirmou.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s