Petroleiras dos EUA reduzem sondas em operação

Esse patamar de preços é visto por analistas e produtores como um nível chave que poderia levar ao retorno da perfuração de poços

Companhias de petróleo norte-americanas retiraram de operação sondas de perfuração pela nona vez nas últimas dez semanas, afirmou a empresa de serviços em energia Baker Hughes nesta sexta-feira, apesar dos preços da commodity terem testado nesta semana uma máxima de sete meses de 50 dólares o barril.

Esse patamar de preços é visto por analistas e produtores como um nível chave que poderia levar ao retorno da perfuração de poços.

As empresas de petróleo tiraram de operação duas sondas na semana até 27 de maio, levando a contagem total de equipamentos ativos a 316, menor nível desde outubro de 2009 e cerca de metade dos 646 registrados um ano atrás, disse a Baker Hughes em seu aguardado relatório.

A contagem de sondas em operação tem caído desde um pico de 1.609 em outubro de 2014, após os preços do petróleo terem caído de 107 dólares o barril em meados de 2014 para cerca de 26 dólares em fevereiro deste ano, nível próximo de mínimas em 13 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s