Produção de petróleo e gás sobe e tem recorde histórico

A produção média de petróleo, no Brasil e no exterior, foi de 2,88 milhões boed em agosto, com crescimento de 3,1% em relação a julho

São Paulo – A Petrobras informa que sua produção média de petróleo e gás natural, no Brasil e no exterior, foi de 2,88 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) em agosto de 2015, com crescimento de 3,1% em relação a julho, quando foram produzidos 2,80 milhões.

Segundo a empresa, o número representa um novo recorde histórico, 0,8% superior ao recorde anterior de 2,86 milhões boed alcançado em dezembro de 2014. Esse volume é também 4,5% maior que o registrado em agosto de 2014 (2,76 milhões boed).

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa detalha que a produção total de petróleo e gás natural no Brasil foi de 2,69 milhões boed, 3,1% superior ao mês anterior (2,61 milhões boed), representando também novo recorde de produção nacional (0,6% superior ao recorde anterior de 2,67 milhões boed atingido em dezembro de 2014).

A estatal destaca que a produção total operada pela empresa no País, incluída a parcela operada para empresas parceiras, ultrapassou pela primeira vez os 3 milhões de barris de óleo equivalente por dia, atingindo 3,01 milhões boed.

A produção de petróleo da companhia foi de 2,21 milhões bpd (3% acima dos 2,14 milhões bpd produzidos no mês anterior), constituindo-se, assim, a segunda melhor marca histórica.

“O crescimento reflete a entrada em operação em 31 de julho do FPSO Cidade de Itaguaí, ancorado em Iracema Norte, área localizada na porção noroeste do campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos”, explica.

Essa plataforma, segundo a estatal, tem capacidade para processar diariamente 150 mil bpd de petróleo e 8 milhões de m3/dia de gás natural.

Adicionalmente, informa, a retomada da operação de plataformas que estavam com paradas programadas para manutenção também foi um fator que contribuiu com o bom desempenho do mês.

A produção de gás natural no Brasil, excluído o volume liquefeito, também apresentou novo recorde de 77,2 milhões m3/dia (3,6% acima do mês anterior).

Pré-sal

Outro recorde atingido, segundo a empresa, foi na área do pré-sal, com a produção diária operada pela Petrobras, com volume de 896 mil bpd registrado em 19 de agosto; e o de produção mensal operada pela companhia, que alcançou 859 mil bpd no mês.

Exterior

No exterior foram produzidos 192 mil boed, 3,8% acima dos 185 mil boed produzidos em julho, devido, principalmente, ao retorno das operações da plataforma do Campo de Saint Malo, no Golfo do México norte-americano.

A produção de petróleo foi de 101 mil bpd, 5,2% acima dos 969 mil bpd produzidos em julho e a produção média de gás natural no exterior foi de 15,4 milhões m3/dia, 1,9% acima da produção de julho, que foi de 15,1 milhões m3/dia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s