Produção industrial da Alemanha teve maior queda em setembro

A queda de 1,1 por cento anunciada nesta sexta-feira foi o segundo recuo mensal seguido na produção e contrariou as expectativas de aumento

Berlim – A produção industrial da Alemanha registrou sua maior queda em mais de um ano em setembro, sugerindo que a maior economia da Europa pode sentir um esfriamento de fim de ano diante da desaceleração nos mercados emergentes.

A queda de 1,1 por cento anunciada nesta sexta-feira foi o segundo recuo mensal seguido na produção e contrariou as expectativas na pesquisa da Reuters de um aumento de 0,5 por cento.

Combinada com a queda acentuada nas encomendas industriais de setembro, devido principalmente à fraca demanda externa, a queda na produção vai alimentar especulação de que a economia do país pode perder ímpeto no fim do ano.

Economistas disseram que os dados sugerem que a economia não pode depender da indústria para sustentar o crescimento no quarto trimestre.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s