Receita analisará impacto de aumento da gasolina

A cobrança da Cide é feita de forma fixa, por litro de combustível vendido - atualmente, o contribuinte paga R$ 0,22 por litro da gasolina

Brasília – A Receita Federal aguarda os primeiros dados sobre o consumo de gasolina após o aumento do preço na refinaria para analisar impacto do reajuste na arrecadação da Cide-Combustíveis.

A cobrança da Cide é feita de forma fixa, por litro de combustível vendido – atualmente, o contribuinte paga R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel.

De acordo com a área técnica da Receita, em tese, o aumento do preço do combustível pode levar a uma retração no consumo, o que reduz a arrecadação da contribuição.

Mas, segundo o órgão, ainda é cedo para fazer qualquer projeção porque o reajuste ainda nem chegou às bombas. Uma revisão nas projeções de arrecadação da Cide será feita assim que a Receita começar a receber dados sobre o comportamento do consumidor diante do aumento do preço.

Ontem à noite, a Petrobras anunciou o reajuste no preço da gasolina nas refinarias de 6% e, do diesel, de 4%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s