Recolocação no mercado de trabalho demora 8 meses no Brasil

A estimativa é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

São Paulo – O brasileiro que fica desempregado está demorando cerca de oito meses para se recolocar no mercado de trabalho, o que levanta outra preocupação além do avanço da taxa de desemprego em si.

A estimativa é do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Os oito meses estimados pelo SPC Brasil são um período significativamente maior que os 6,8 meses que eram necessários no final de 2014, um aumento de 36 dias”, analisa a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, em nota.

“O tempo maior para a recolocação é reflexo da conjuntura econômica atual, em que se observa o fechamento de postos de trabalho ao invés da criação de outros novos”, ressalta.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s