Ucrânia fecha acordo para perdão de quase 20% de sua dívida

O comitê de credores decidiu perdoar US$ 3,8 bilhões, informou Yaresko em reunião extraordinária do gabinete de ministros

Kiev – A ministra de Finanças da Ucrânia, Natalia Yaresko, anunciou nesta quinta-feira um acordo com o comitê de credores para o perdão de quase 20% da dívida externa do país, que chega a US$ 19,3 bilhões.

O comitê de credores decidiu perdoar US$ 3,8 bilhões, informou Yaresko em reunião extraordinária do gabinete de ministros.

“A moratória que nossos inimigos esperavam já não vai acontecer”, disse na mesma reunião o primeiro-ministro, Arseni Yatseniuk, em alusão à Rússia, declarado Estado agressor pelas autoridades ucranianas.

A Rússia, acrescentou o chefe do Executivo, não quis se somar ao comitê de credores e “de jeito nenhum obterá condições melhores que outros credores”.

“Ou aceitam nossas condições ou assumem que não terão outras”, se dirigiu Yatseniuk a Moscou.

A ministra acrescentou que o acordo inclui uma prorrogação nos prazos para o pagamento do grosso da dívida, que deverá ser feito entre 2019 e 2027, e não entre 2015 e 2023, como estava estabelecido inicialmente.

“Nossas obrigações a pagar a partir de 2015 se adiam durante quatro anos”, ressaltou Yatseniuk, quem se congratulou que seu país alcançou as melhores condições de refinanciamento para um país que não se tenha declarado em moratória desde 2000.

Enquanto, a ministra de Finanças precisou que a taxa de juros foi aumentada ligeiramente, da média atual do 7,22 ao 7,75 % anual.

O acordo está longe das aspirações iniciais do governo da Ucrânia que pedia o perdão de 40% da dívida, mas mesmo assim representa um grande alívio para a economia do país, que deveria pagar US$ 500 milhões no próximo dia 23 de setembro.

A reestruturação da dívida não inclui a contraída com a Rússia, a quem a Ucrânia deve pagar US$ 3 bilhões no final de dezembro deste ano.

O ministro de Finanças da Rússia, Anton Siluanov, declarou que seu país não participará do processo de reestruturação da dívida ucraniana.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s