Vendas no varejo caem 6,6% em setembro, aponta MasterCard

A retração mais acentuada foi registrada no Centro-Oeste (-7,8%), seguido do Norte (-7,7%), Sul (-7,5%), Sudeste (-6,4%) e Nordeste (-5,7%).

São Paulo – As vendas no comércio varejista brasileiro tiveram queda de 6,6% em setembro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo o relatório MasterCard SpendingPulse.

Dos sete setores considerados na pesquisa, quatro tiveram desempenho acima do índice cheio: supermercados; farmácias; materiais de construção; e artigos de uso pessoal e doméstico.

Enquanto isso, vestuário, móveis e eletrônicos e combustíveis tiveram desempenho abaixo do varejo total. “As vendas de vestuário (-6,6% em setembro), em particular, diminuíram sensivelmente nos últimos meses”, sustenta a empresa em relatório.

Na divisão geográfica, houve queda em todas as regiões. A retração mais acentuada foi registrada no Centro-Oeste (-7,8%), seguido do Norte (-7,7%), Sul (-7,5%), Sudeste (-6,4%) e Nordeste (-5,7%).

Para Kamalesh Rao, diretor de pesquisa econômica da MasterCard Advisors, o ambiente econômico do Brasil ainda enfrenta enormes desafios e continua a deteriorar-se, com altas taxas de juros, inflação, taxa de desemprego elevada e, consequentemente a desaceleração do crescimento da massa salarial.

Tais fatores impactam na confiança do consumidor. “O que aguardamos é uma contínua deterioração das vendas nos próximos meses”, afirma.

Enquanto isso, as vendas online tiveram crescimento anual de 6,8% em setembro, na contramão do varejo total.

Móveis, eletrônicos e artigos farmacêuticos foram os setores que apresentaram crescimento acima das vendas totais no e-commerce, enquanto hobby & livraria e vestuário ficaram abaixo desse indicador

O SpendingPulse é um indicador macroeconômico que informa sobre gastos no varejo nacional e o desempenho do consumo.

O relatório é baseado nas atividades de vendas na rede de pagamentos MasterCard, juntamente com as estimativas para todas as outras formas de pagamento, incluindo dinheiro e cheque.

O relatório, bem como as previsões de tendências de gastos, não refletem ou se relacionam com o desempenho operacional e financeiro da MasterCard.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s