25 coisas que você não deve deixar de fazer em Marrakech

O Maison de la Photographie, a escola islâmica Madraçal de Ben Youssef e a Praça Jemaa El Fna são paradas obrigatórias por lá

São Paulo – Com incontáveis monumentos considerados patrimônios da humanidade, Marrakech, no Marrocos, está entre os melhores destinos de viagens do mundo, segundo ranking do Traveler’s Choice 2016, do TripAdvisor.

A lista é elaborada a partir da avaliação dos próprios usuários do site, que elencaram também coisas para não deixar de fazer quando visitar a cidade. O Maison de la Photographie, a escola islâmica Madraçal de Ben Youssef e a Praça Jemaa El Fna são paradas obrigatórias por lá.

Veja abaixo 25 coisas que você não deve deixar de fazer quando visitar Marrakech:

1. Uma visita a uma casa de banho turco é quase obrigatória, embora seja difícil escolher entre tantas opções. Faça uma pesquisa antes de viajar e encontre um local próximo de onde você irá se hospedar.

2. Contrate o transfer do aeroporto caso seja oferecido pelo seu hotel.

3. Visite a praça Jemaa el Fna pela manhã e compre um suco fresco de laranja de um dos muitos vendedores. Caminhando pela parte de trás da praça você chegará ao Mercado de Marrakech, onde começará a sua experiência de compras. Prepare-se para se perder e não estranhe caso você tenha que pedir ajuda.

4. Não esqueça de dar gorjeta a qualquer um que lhe ajudar caso você fique perdido.

5. Não muçulmanos não podem entrar na Mesquita e Minarete de Koutoubia, mas os jardins externos valem a visita.

6. Se você não gosta de barganhar por qualquer coisa nos mercados, o Ensemble Artisanal deve estar na sua lista de locais para visitar. Ele é uma cooperativa gerenciada pelo governo e por lá os preços são fixos.

7. Para viagens de táxi ou charretes, combine sempre o preço antes de embarcar.

8. Quando andar pelos mercados, mantenha-se à direita para evitar carrinhos e motos que passam rapidamente pelas ruas.

9. Aprenda algumas expressões em francês. Elas podem ser úteis.

10. Uma Madrasa é um centro de ensino da religião muçulmana. A Madrasa Bem Youssef é datada do século XVI e uma das maiores ainda preservadas. A arquitetura típica marroquina faz com que a visita seja obrigatória.

11. A pechincha é esperada em lojas que não deixam os preços expostos. Um guia geral: comece a negociação pedindo um valor equivalente a 40% ou 50% do original, e não pague mais que 60% do preço inicial da loja.

12. Se vestir de forma conservadora demonstra respeito a cultura marroquina.

13. Anote os nomes das lojas ou edifícios diferentes, pois podem ser referências no seu caminho. Em alguns casos, indicações para pontos turísticos estão pintados nas paredes de alguns locais.

14. Se você tirar uma foto de um encantador de serpentes ou parar para assistir uma performance em Jemaa el Fna (principal praça da cidade), espera-se que você dê uma gorjeta, já que eles estão lá para arrecadar dinheiro.

15. Cartões de crédito podem ser usados em poucos lugares. No Marrocos, o mais comum é usar dinheiro em espécie.

16. Lembre-se que dirham é uma moeda difícil de cambiar fora do Marrocos. Planeje bem e visite os mercados para gastar qualquer valor que tiver sobrado. Ou tente trocar a sobra por euros lá em Marrakech mesmo.

17. Leve sempre alguns trocados, já que muitos banheiros são pagos, mesmo nos restaurantes em que você acabou de comer.

18. Pode ficar muito quente sob o sol do Marrocos. Se você não gosta muito de calor, considere pegar um táxi. Além disso, mantenha-se fresco e hidratado, e proteja sua pele com protetor solar e chapéu.

19. A menos que você esteja preparado para uma aventura cara, não aceite ajuda de ninguém que ofereça te acompanhar. Você evitará pagar taxas a guias se ao invés disso perguntar para policiais.

20. Cuidado para não aceitar “presentes” de estranhos. É muito provável que eles esperem um pagamento por eles.

21. Ainda que o Marrocos seja um país bastante seguro, em locais lotados como mercados é bom ficar atento aos seus pertences e manter seus bens valiosos protegidos caso você precise carregá-los.

22. O jardim Majorelle é um ótimo lugar para deixar as crianças correrem à vontade. Esse jardim botânico é um verdadeiro oásis. Muitos visitantes consideram ser o ponto alto de suas viagens em Marrakech.

23. Fazer um passeio de balão pode ser um jeito interessante de conhecer as belezas da região.

24. Não deixe de tomar muitos chás de sabores diferentes.

25. Evite beber água da torneira e comer frutas e vegetais frescos em restaurantes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s