Coleção de arte privada de David Bowie será leiloada

A casa de leilões exporá ao público durante dez dias 267 pinturas propriedade do rei do "glam rock", que em sua maioria são de artistas britânicos do século XX

Londres – Até 400 objetos de arte da coleção privada do músico britânico David Bowie serão leiloados pela primeira vez em novembro, entre os quais estão peças de artistas como Damien Hirst e Henry Moore, informou nesta quinta-feira a casa de leilões Sotheby’s.

A casa de leilões exporá ao público durante dez dias 267 pinturas propriedade do rei do “glam rock”, que em sua maioria são de artistas do Reino Unido do século XX, e pelas quais espera arrecadar 10 milhões de libras (quase 12 milhões de euros).

Batizado com o nome de #BowieCollector, o leilão vai acontecer entre os dias 10 e 11 de novembro e se dividirá em três partes: duas delas relacionadas com arte moderna e contemporânea, e uma terceira centrada em peças do designer italiano Ettore Sottsass e do Grupo Memphis.

David Bowie morreu em 10 de janeiro em Nova York aos 69 anos, vítima do câncer, dois dias após lançar seu álbum “Blackstar”, que foi gravado quando o artista já estava doente.

O autor de temas como “Life on Mars?” e “Space Oddity” escondeu aos olhos do público sua faceta como colecionador tanto de pinturas e esculturas como de móveis exclusivos.

Os compradores terão opção de adquirir trabalhos de assinaturas britânicas de renome como Damien Hirst, Henry Moore, Graham Sutherland, Frank Auerbach, Stanley Spencer, Patrick Caufield e Peter Lanyon, além de pinturas do francês Marcel Duchamp.

O leilão também inclui peças de arte africana contemporânea, arte marginal e surrealismo, movimentos pelos quais Bowie sentia uma atração especial.

A peça mais valiosa é “Air Power” (1984), um quadro do americano Jean-Michel Basquiat, com um preço estimado de entre 2,5 e 3,5 milhões de libras (2,9 e 4,1 milhões de euros).

Bowie comprou esta pintura, que mostra caras violentas e agressivas sobre um fundo no qual se sobrepõe um vermelho intenso sobre diferentes tonalidades de marrom, um ano após protagonizar o filme “Basquiat” (1996), na qual interpretou o artista do pop art Andy Warhol.

O leilão também reúne paisagens de autores britânicos, como sete obras do artista monocromático John Virtue, e uma das famosas pinturas giratórias de Damien Hirst, que podem ser vendidas por mais de 350 mil libras (419 mil euros). 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s