Delícia ficar no chuveiro quente, não? Temperatura mais alta da água produz um estrago na pele

A baixa umidade relativa do ar e o vento mais frio também resultam em pele ressecada

No inverno, dois dramas na hora do banho: um para entrar, o outro para sair. Delícia ficar no chuveiro quente, não? Acontece que a temperatura mais alta da água produz um estrago na pele. “O banho muito quente sequestra a oleosidade natural da pele. Ela tem uma função de barreira, que impede a perda de água”, explica o dermatologista Marcelo Bellini, da clínica Corpo em Evidência, em São Paulo.

VEJA TAMBÉM:

Além desse eventual problema, a baixa umidade relativa do ar e o vento mais frio resultam em pele ressecada, com descamação, coceira, fissuras e irritações. Se você tem aquecedor regulável, ajuste a temperatura entre 34 e 35 graus. Se não tem, feche totalmente o banheiro e olhe para o espelho depois do banho. Se ele estiver parcialmente embaçado — e você ainda puder se ver —, a temperatura está correta. Não conseguiu ver sua imagem? Banho mais frio na próxima.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s