Entenda por que bebemos para enfrentar nossos problemas

O limite entre beber socialmente e depender da bebida pode se esconder, nesse caso é preciso saber a hora de ligar o sinal de alerta

Kermit bêbado

 (Pixabay/Reprodução)

Quantas vezes você já não viu em filmes frases feitas como: “diante de um problema, é preciso beber para esquecer.”?

Ainda que seja legalizado, o álcool pode ser visto como uma droga, uma vez queleva ao vício e, mesmo em pequenas doses, causa alterações do estado mental.

Contra nervosismo ou tristeza é comum ver pessoas recorrendo à alguns goles a mais.

No entanto, esse caráter de automedicação é um verdadeiro risco à saúde.

Existe uma linha tênue entre o uso social e a dependência da bebida.

 

As diferenças

alcoolismo (1)

 (Hype Science/Reprodução)

Segundo Julia Lewis, psiquiatra de Newport, País de Gales, especializada em estudo de vícios, a tensão na rotina é um dos maiores responsáveis por uma relação conflituosa entre os drinques e a saúde.

“As pessoas que usam álcool para superar seus problemas enfrentam o estresse da vida diária com um copo de vinho e é algo que você acaba fazendo todos os dias”, comenta.

A mania pode ser cíclica: “Você bebe para superar uma decepção na segunda-feira, bebe para se recompensar por algo que fez bem na terça-feira”.

A especialista explicou que um sinal de aviso para saber se você migrou do relaxamento à necessidade é perguntar a si mesmo: “Se eu não beber hoje, o que acontece comigo?”.

“Caso a abstinência faça você se sentir ansioso e irritado, então o álcool começou a ser um problema”, explicou a psiquiatra.

depressão

 (Wikipedia Commons/Reprodução)

A recomendação, então, é buscar ajuda independentemente do foco.

Depressão pode levar ao alcoolismo e vice-versa.

Por conta dessa interdependência, nada melhor do que buscar auxílio psicológico e psiquiátrico.

Vale ficar atento aos exageros.

Veja também

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s