Estudantes recriam remédio no combate à AIDS por 2 dólares

O Daraprim, atualmente, é vendido pela Turing Farmaceutics, de Martin Shkreli, por 750 dólares o comprimido

Alguém aqui lembra de Martin Shkreli? Ele ficou famoso na internet da pior maneira possível: dono da Turing Farmaceutics, Martin comprou por 55 milhões de dólares, os direitos de exploração do remédio Daraprim – uma das drogas mais utilizadas no tratamento contra a AIDS. Depois da compra, o empresário resolveu aumentar o preço do remédio em mais de 5.000% – de 13 dólares para 750 dólares o comprimido.

Incomodados com esse absurdo e com muita vontade de acabar com essa injustiça, um grupo de estudantes, todos com 17 anos, de uma escola de Sidney, na Austrália, levou um ano para desenvolver o princípio ativo do Daraprim por apenas 2 dólares. “Foi totalmente injustificável e errado eticamente. É uma droga capaz de salvar vidas, e muita gente não pode adquiri-la”, disse um dos estudantes.

NEW YORK, NY - JUNE 6:  Ex-pharmaceutical executive Martin Shkreli arrives at the U.S. District Court for the Eastern District of New York, June 6, 2016, in the Brooklyn borough of New York City. Federal prosecutors filed new criminal charges accusing Shkreli of more illegal financial maneuvers at his former drug company Retrophin Inc. (Photo by Drew Angerer/Getty Images) Photo by Drew Angerer/Getty Images)

Photo by Drew Angerer/Getty Images) (/)

A internet e a comunidade científica comemoraram a descoberta dos alunos. “Eles transformaram materiais baratos em um algo realmente valioso”, disse a Dra. Alice Williamson, química da Universidade de Sidney. “Se é possível obter a droga de forma tão barata em uma escola, então não há desculpas para cobrar tanto por ela, especialmente de pessoas que realmente precisam e não podem pagar”, afirmou.

Martin Shkreli, através das Redes Sociais, disse que o preço do remédio vendido por ele inclui custos de trabalho e fabricação. Um grande palhaço, não é mesmo?

Veja também

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s