GoBox movimenta o mercado de clubes de assinatura

Com investimento de R$ 20 milhões, nova plataforma é aposta do Grupo Abril para mercado de assinaturas

Nada explica melhor o sucesso global dos clubes de assinatura do que a história de Katia Beauchamp e Hayley Barna, duas estudantes da Harvard Business School, fundadoras da Birchbox.

De olho no potencial dos produtos de beleza, que em 2010 ainda não havia sido totalmente explorado, elas tiveram a ideia de selecionar amostras de produtos – que até então só poderiam ser testadas em lojas – e enviá-las em uma caixa para as consumidoras.

Depois da dificuldade inicial em levantar o capital para começar o negócio, as moças convenceram a investidora Kirsten Green a apostar no empreendimento. Deu certo: hoje já possuem mais de um milhão de assinantes.

Cada caixa custa 10 dólares para mulheres e 20 dólares para homens e contêm amostras cuidadosamente escolhidas. O objetivo é levar o cliente a comprar novos produtos no site da empresa. Com o sucesso online, a Birchbox partiu para o mercado físico, com a abertura de uma loja em Nova York.

Hoje, além das muitas empresas que surgiram tentando copiar o modelo, passou a enfrentar concorrentes de peso, como a tradicional Sephora, que também criou suas caixas por assinatura.

Outros grandes negócios surgiram aproveitando o mesmo filão. É o caso da Blue Apron, nos EUA, que entrega semanalmente uma caixa com uma receita e os ingredientes para fazer o prato. Com mais de 3 milhões de refeições entregues ao mês, a empresa está avaliada em 2 bilhões de dólares.

No Brasil, o mercado está crescendo, um reflexo da consolidação do e-commerce brasileiro, que deve crescer 15% esse ano, apesar da recessão, na comparação com o ano passado. Além das empresas focadas em atender necessidades do dia a dia – como fraldas, comida, bebidas, entre outros – os clubes de assinatura também servem para agradar um público exigente.

É um mercado em ebulição, aberto para quem adotar a melhor estratégia e souber fidelizar o cliente. De olho nas possibilidades, o Grupo Abril lançou o GoBox, plataforma de assinaturas de produtos. Para Walter Longo, presidente do grupo, a nova empreitada reúne a essência de tudo o que faz parte do core business da empresa, o que representa um grande diferencial.

Colocando toda a sua expertise de 40 anos no gerenciamento de assinaturas a favor das empresas parceiras, a Abril investiu R$ 20 milhões para dar início ao projeto. A expectativa é alcançar cerca de 200 mil assinantes em três anos, faturando R$ 250 milhões. “Os pilares do GoBox são formados por uma excelente base de dados, associada à mídia e distribuição. É tudo o que a Abril tem de melhor”, explica Longo.

O valor das assinaturas deve variar entre R$ 20 e R$ 250, de acordo com a estratégia de cada marca. A mesma logística responsável por entregar revistas na casa de 3,4 milhões de assinantes será agora posta a serviço das marcas parceiras, impulsionando ainda mais os seus produtos. Além disso, as caixas poderão ter conteúdos exclusivos produzidos pela Abril, com informações que contribuam para a experiência de cada cliente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s