Lista dos “esquecidos” do Oscar tem Del Toro e Ridley Scott

Benicio del Toro e Ridley Scott são alguns dos grandes esquecidos pela Academia de Hollywood na 88ª edição do Oscar

Los Angeles – O porto-riquenho Benicio del Toro, como melhor ator coadjuvante (“Sicario: Terra de Ninguém)”, e Ridley Scott, como melhor diretor (“Perdido em Marte”), são alguns dos grandes esquecidos pela Academia de Hollywood na 88ª edição do Oscar.

Del Toro, ganhador do Oscar por “Traffic”, recebeu recentemente uma candidatura aos prêmios Bafta – conhecidos como o Oscar inglês – por seu trabalho no thriller do canadense Denis Villeneuve.

O caso de Scott é ainda mais doloroso, já que “Perdido em Marte” obteve hoje indicações como melhor filme e melhor ator (Matt Damon), entre outras, em um total de sete.

O britânico jamais conseguiu levar uma estatueta dourada para sua estante, apesar de suas três indicações (“Thelma & Louise”, “Gladiador” e “Falcão Negro em Perigo”).

Quem também não obteve indicação como melhor diretor foi Steven Spielberg, por “Ponte dos Espiões”, embora sua obra esteja entre as candidatas à estatueta de melhor filme.

“Steve Jobs” era outra das produções que, a priori, partiam como favoritas, e surpreendeu a falta de reconhecimento para o roteiro adaptado de Aaron Sorkin, apesar de sua vitória no domingo passado no Globo de Ouro.

No terreno interpretativo, Jacob Tremblay (“O Quarto de Jack”), Michael Shannon (“99 Homes”), Johnny Depp (“Aliança do Crime”) e Helen Mirren (“Trumbo: Lista Negra”) ficaram relegados.

Nenhum dos 20 candidatos nas categorias destinadas a reconhecer as melhores interpretações do ano é negro, apesar de Will Smith (“Um Homem Entre Gigantes”), Michael B. Jordan (“Creed: Nascido para Lutar”), Idris Elba (“Beasts of No Nation”) e Samuel L. Jackson (“Os Oito Odiados”) aparecerem entre os favoritos.

Também chama a atenção o pouco carinho da Academia com “Os Oito Odiados”, que não conseguiu entrar em categorias como melhor filme, melhor diretor ou melhor roteiro original (ambas para Quentin Tarantino).

Alguns especialistas também sentiram a falta de “Carol”, “Straight Outta Compton: A História do N.W.A.”, “Star Wars: O Despertar da Força” e “Sicario: Terra de Ninguém”, entre outros, na categoria de melhor filme, assim como a de “O Bom Dinossauro” e “Snoopy e Charlie Brown: Peanuts, O Filme” na disputa de melhor filme de animação.

Nas redes sociais os fãs lamentaram principalmente a ausência da canção “See You Again”, de Wiz Khalifa,, da trilha sonora do filme “Velozes e Furiosos 7” e criada em homenagem ao falecido Paul Walker. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s