O dia em que vi o UFC do melhor lugar possível

Dia 27 de agosto completaram-se dois anos do primeiro UFC em terras fluminenses. O UFC 134, ou UFC Rio 1, marcava a volta do maior evento de MMA do mundo para o Brasil, depois de um hiato de 13 anos. Melhor reestreia não houve: os ingressos esgotaram-se em poucas horas e a noite teve lutas […]

O chefão do UFC e eu, dois anos atrás

O chefão do UFC e eu, dois anos atrás

Dia 27 de agosto completaram-se dois anos do primeiro UFC em terras fluminenses. O UFC 134, ou UFC Rio 1, marcava a volta do maior evento de MMA do mundo para o Brasil, depois de um hiato de 13 anos. Melhor reestreia não houve: os ingressos esgotaram-se em poucas horas e a noite teve lutas de lendas como Rodrigo Minotauro (que venceu Brendan Schaub com um impressionante nocaute) e Maurício Shogun Rua (que também nocauteou o simpático Forrest Griffin) e foi coroada com o passeio de Anderson  Silva sobre Yushin Okami. Depois de anos assistindo ao UFC pela TV, aquele também era meu début em um evento ao vivo da organização. Dias antes, eu havia entrevistado o presidente do UFC, Dana White, no hotel em que ele estava hospedado, o Fasano, em Ipanema. E naquele dia Dana me convidou para assistir ao combate principal ao lado dele. Só que, na hora, ele mudou de ideia e me colocou em um lugar melhor ainda: o dele. Abaixo, para comemorar o aniversário, reproduzo o texto que foi publicado na VIP de outubro de 2011, junto de um perfil do chefão.

“Dana, consigo enxergar você do lugar onde vou estar no UFC Rio? Seria bacana para minha reportagem”, perguntei a ele no fim da entrevista. “Consegue, mas vamos fazer melhor: você vai assistir à principal luta, a de Anderson Silva, ao meu lado.” Ótimo, pensei. “Ele nunca fez esse convite a nenhum outro jornalista”, espantou-se Candice Scott, a americana responsável por relações com a mídia do UFC. Já no evento, quando me viu, Dana deu um forte abraço e me conduziu, pelo braço, até a cadeira ao lado da sua. Olhei para trás e vi gente como o dono da RedeTV! e o Ronaldo Fenômeno em lugares menos privilegiados. De repente, Dana levantou-se, me puxou pela mão e disse: “Melhor ainda. Você vai ver a luta da minha cadeira. Já vi a luta daí milhares de vezes”.

Dana senta-se bem em frente ao octógono, na ponta direita de uma mesa com mais cinco cadeiras. Dois lugares para a esquerda fica Lorenzo Fertitta. A mesa tem um monitor de TV para cada um, com transmissão que vai ao vivo para o pay-per-view de todo o planeta. A mesa fica colada no octógono, mas Dana usa a tela. “Eu me preocupo com o que as pessoas em casa estão vendo”, diz. “Este evento que está acontecendo aqui é mais importante que a Copa do Mundo para o Brasil”, ele fala. “Tem mais gente assistindo a isso no mundo todo do que gente que viu a Copa.”

Começa a luta de Anderson Silva e Yushin Okami. Ao meu lado, Dana masca um chiclete nervosamente e coça a mão direita com o dedão da mão esquerda por vários segundos. Percebe que eu notei seu tique. “Eu suo muito na mão, é louco”, diz, sorrindo. A luta se desenrola absurdamente perto. Anderson leva um soco de Okami e consigo ver as gotas de suor espirrando bem perto de Lorenzo. De supetão, Dana levanta e vira para a plateia, preocupado. Fica olhando para baixo e para cima. Depois senta e me fala: “Alguém jogou alguma coisa aqui embaixo, acho que foi uma revista”. No segundo round, Anderson desfere uma sequência de golpes e vence Okami por nocaute. “Ele é o melhor do mundo. É o melhor de todos os tempos”, me diz Dana, enquanto me levanta e me pede para olhar para o público, em êxtase. Ele também parece estar no mesmo estado. “Essa plateia é inacreditável.” Levanta-se, vai até o octógono, e devolve a Anderson o cinturão que estava em jogo. Acaba seu show.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s