Os desodorantes usados atualmente estão perto do fim; entenda por quê

Todo mundo gosta de ficar livre de odores indesejados. Mas será que os cosméticos que usamos já chegaram no ponto alto da "escala evolutiva"?

homem desodorante

 (Indian Express/Reprodução)

Evitar o mau cheiro é uma questão quase que de sobrevivência.

Mas e se o problema com o odor não for necessariamente dos sovacos relapsos, mas sim dos produtos usados?

E se os desodorantes mais comuns não forem eficazes como dizem nas propagandas?

homem cheirando mal

 (Faktual News/Reprodução)

Para não nos passarmos por conspiradores, vamos a uma breve consideração científica.

Pesquisadores das Universidade de York e Oxford, ambas no Reino Unido, trabalham incessantemente neste exato momento para aprimorar a fórmula dos desodorantes.

Segundo eles, o que realmente causa o cheio ruim é a presença de uma espécie de bactéria (estafilococos) que aparece quando suamos. 

A ideia deles é isolar o tipo bacteriano responsável pelo fedor.

Pode parecer besteira, mas, mesmo depois de gerações de cosméticos aprimorados, talvez ainda não saibamos qual é a verdadeira chave para uma rotina cheirosa.

desodorante

 (YouTube/Reprodução)

Para talvez chegar a esse progresso, os cientistas desenvolvem uma espécie de super desodorante.

Em vez de “mirar para todos os lados”, caçando todo tipo de bactéria indiscriminadamente, querem ser mais objetivos e específicos.

Isso pode ser uma boa notícia para os que sofrem demais com o suor e o aspecto de gambá.

Além disso, o plano é substituir o hábito de mascarar o cheiro ruim, deixando de sobrepor a essência boa e na ruim.

Podemos esperar novidades em breve (mas não vamos abrir mão do que já temos até lá, claro).

 

Tudo natural

Desodorante natural

 (PIxabay/Reprodução)

Já discutimos aqui mesmo sobre as reais necessidades de se tomar banho todos os dias.

Ainda que sejamos seres limpinhos, água quente e químicas demais podem ser prejudiciais à pele e ao organismo.

Os desodorantes também se enquadram nisso e, com o futuro, esperamos coisas menos nocivas.

Uma das discussões que cerca o uso, seja aerosol ou roll-on, é o excesso de alumínio nos produtos aos quais estamos acostumados.

naturais

 (Pixabay/Reprodução)

Uma das solução para isso seria a confecção do próprio desodorante, com receitas naturais e essências.

Apesar da trabalheira, o resultado garante uma pele menos agredida e um meio ambiente bastante grato.

Como a tecnologia e a ciência, a higiene parece caminhar sempre em frente.

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s