Peugeot 5008 vira SUV em segunda geração

Com sete lugares, modelo mantém a vocação familiar da antiga geração

Não é de hoje que a Peugeot anuncia sua sede pelos SUVs. A marca começou pelo 3008: em maio deste ano, o modelo deixou de ser uma minivan para se tornar um utilitário.

Agora foi a vez do 5008. Até então irmão gêmeo da Citroën Grand C4 Picasso, o “ex-minivan” também converteu-se a um SUV — mas manteve sua vocação familiar oferecendo sete lugares.

Em relação ao antigo, tudo é novo no 5008. Porém, quando comparado ao 3008, ele não revela tantas novidades assim. A dianteira alta e agressiva dá robustez ao modelo, reforçada pelos faróis em posição elevada, para-choque com grandes aberturas e capô com vincos pronunciados nas laterais.

Antes irmão gêmeo do Citroën Grand C4 Picasso, o 5008 passa a ser um SUV (Divulgação)

Na parte de trás, as luzes surgem de uma faixa preta que vai de um lado a outro. De perfil, os traços são bem definidos. No entanto, o arco cinza tenta passar mais dinamismo ao SUV.

Traços robustos remetem ao irmão menor, 3008 (Divulgação)

O interior é praticamente o mesmo do irmão menor e do 308 europeu. O painel tem aspecto futurista e é voltado ao motorista, enquanto a central multimídia, no topo, agrupa grande número de funções e dispensa uma boa quantidade de botões físicos. 

O quadro de instrumentos é digital, como nos Audi A4 e TT, e fica em posição mais alta em relação ao volante, como no compacto 208.

Interior futurista tem ausência de comandos físicos e quadro de instrumentos digital (Divulgação)

Entre os equipamentos, o 5008 oferecerá assitente de faróis altos, controlador de distância do carro à frente, frenagem automática em baixas velocidades, tampa do porta-malas com acionamento elétrico e leitura de placas de velocidade.

São 640 litros no porta-malas com os sete lugares (as medições da Peugeot incluem carga até o teto) e 1.060 com cinco. Na mecânica, há motores 1.2 turbo de 130 cv, 1.6 turbo de 165 cv, 1.6 turbodiesel de 100 ou 120 cv e 2.0 turbodiesel de 150 e 180 cv.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s