The Script tenta manter dignidade Rock entre baladas pop

Essa banda pop de Dublin que só tem vídeos com mais de 50 milhões de views veio com sua coleção de hits para os filhos e netos daqueles que esperavam pelo Queen

Rio – Havia um certo contraste na plateia miscigenada do Script.

Essa banda pop de Dublin que só tem vídeos com mais de 50 milhões de views veio com sua coleção de hits para os filhos e netos daqueles que esperavam pelo Queen.

Era uma separação até geográfica, marcando a frente do palco Mundo.

Mais à frente, os adolescentes e jovens em completo êxtase por canções como a baladona Breakeven, de 2008.

E logo atrás, fileiras de sobretudo pessoas com mais de 30 sentadas ou conversando enquanto o grupo trabalhava duro.

A banda pode ter sua base maior nos fãs teen, mas tenta manter a dignidade da atitude rock and roll em algum canto de suas guitarras e melodias ultrapop.

O vocalista desce à plateia, apanha uma câmera e passa ele mesmo a fazer as imagens do telão. Gleen Power já havia esnobado ninguém menos do que Paul McCartney depois de dividir um palco com ele em 2009.

“Gostei, mas o meu preferido dos Beatles sempre foi o Ringo Starr.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s