Ataques no Iraque deixam 35 mortos e 27 feridos

De acordo com uma fonte de segurança local, pelo menos 11 jihadistas do grupo radical Estado Islâmico (EI) morreram

Bagdá – Pelo menos 35 pessoas morreram nesta segunda-feira e outras 27 ficaram feridas em diferentes enfrentamentos armados, bombardeios e ataques no norte e oeste do Iraque, informaram à Agência Efe fontes médicas e de segurança iraquianos.

De acordo com uma fonte de segurança local, pelo menos 11 jihadistas do grupo radical Estado Islâmico (EI) morreram, assim seis membros das Forças de Segurança iraquianas e milícias aliadas no leste de Ramadi, capital da província de Al-Anbar (oeste).

A fonte acrescentou que sete membros da Polícia Federal morreram e outros quatro ficaram feridos em choques com extremistas do EI na zona de Abu Falis, no norte da cidade de Ramadi.

Dois combatentes tribais faleceram e outros cinco ficaram feridos como consequência de um bombardeio com morteiro dos jihadistas contra uma concentração de membros armados da tribo na zona de Al Amariya, no sul de Faluja, ao oeste de Bagdá.

Além disso, uma fonte médica do hospital geral de Faluja informou à Efe que três pessoas morreram e outras seis ficaram feridas em um bombardeio do Exército iraquiano na zona de Nasaf, no oeste de Faluja.

Uma fonte de segurança na província de Saladino, no norte do Iraque, acrescentou que jihadistas do EI conseguiram recuperar o controle de dois bairros do norte de Biji, após fortes enfrentamentos com as forças iraquianas que culminaram na morte de quatro militares iraquianos e deixaram 12 feridos.

Por outro lado, um funcionário iraquiano, diretor de operações de uma companhia petrolífera, e seu motorista foram assassinados hoje por homens armados não identificados perto da cidade de Kirkuk, a 250 quilômetros de Bagdá, disse à Agência Efe uma fonte policial.

O EI ocupou Mossul em 10 de junho do ano passado e também tomou outras cidades e áreas do norte e do oeste do Iraque, onde declarou um califado nos terrenos sob seu controle neste país e na Síria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s