Com prazo maior, consignado cresce e passa dos R$ 80 milhões em Goiás

Modalidade que tem as menores taxas de juros do mercado ampliou prazo máximo para empréstimo consignado em folha de 60 para 96 meses. Crédito barato movimenta a economia, diz economista

O volume de crédito liberado para servidores públicos do Estado de Goiás por meio da modalidade consignada em folha de pagamento cresceu 7,79% em 2016, passando de R$ 77 milhões, em janeiro deste ano, para R$ 83 milhões, em junho. Dois fatores contribuem para esse aumento: o consignado é a modalidade que opera com as menores taxas de juros do mercado, entre 1,2% e 4% (quando os juros do cheque especial e do cartão de crédito ultrapassam 12% ao mês) e está em vigor a lei estadual 19.351/16, que ampliou de 60 para 96 meses o prazo máximo para parcelamento do empréstimo.

O crescimento verificado em Goiás foi quase um ponto percentual maior do que a média nacional no último ano, que ficou em 6,9%, segundo dados do Banco Central. A lei foi aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador do Estado em junho, o que significa que essa alta deve continuar em julho. “A ampliação do prazo atende à demanda dos servidores, por meio de sindicatos e associações. O aumento do volume de negócios representa, ainda, um aumento da confiança no sistema de consignados, que desde fevereiro ganhou em qualidade de atendimento, tecnologia e segurança para o servidor”, afirma Fernando Kasprik, diretor da Neoconsig, que faz gestão do crédito consignado junto ao Estado de Goiás e, entre benefícios, disponibilizou a Central de Atendimento ao Servidor (CAS), instalada na Avenida República do Líbano, no Setor Oeste, em Goiânia.

Economista, Kasprik ressalta que o volume de crédito contratado movimenta a economia e contribui para amenizar os efeitos da recessão brasileira. “Todo esse dinheiro contratado a custo muito mais baixo que as outras modalidades de crédito é gasto e investido dentro do próprio Estado de Goiás e contribui para a manutenção de emprego e geração de renda desde o armazém do bairro até a indústria que produz o bem adquirido pelo servidor”, explica.

Outra mudança em favor dos servidores foi realizada no início deste mês de julho, quando os sindicatos e associações ganharam isenção total de taxas na gestão do crédito consignado concedido pela Neoconsig a pedido de todas as entidades e direcionada pelo Estado. As contribuições sindicais e associativas são feitas via desconto em folha, o que gerava uma taxa de serviço que passou a ser isenta neste mês.

Tecnologia
Desde fevereiro deste ano, o consignado do Estado passou a contar com a Central de Atendimento ao Servidor (CAS), onde o servidor pode consultar margens de crédito, fazer consultas e tirar dúvidas com um atendente, pela web em página própria e exclusiva, ou pelo totem de autoatendimento. Todo o sistema de tecnologia da informação foi reformulado, para dar mais estabilidade para navegação na internet e, principalmente, para maior segurança contra fraudes e ataques digitais.

Os interessados podem procurar pessoalmente a central, na Avenida República do Líbano, Setor Oeste, ou por meio do Portal do Servidor (www.portaldoservidor.go.gov.br) e ainda pelos telefones 3201-6593, 3201-6524, 3201-6552, 3201- 6693, 3201-6541.
Website: http://www.neoconsig.com.br

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s