Empresa de Tecnologia e rede de concessionárias ampliam parceria para aumentar a produtividade

Concessionárias investiram em tecnologia para ampliar a produtividade frente ao cenário de crise econômica. Projeto envolveu a implantação de 9 novos módulos e a integração entre o Cigam e sistemas das concessionárias no Brasil e na Europa.

Toda a rede de concessionárias Volvo Caminhões ligadas à ABRAVO (Associação Brasileira dos Distribuidores Volvo) acaba de adotar 9 novos módulos do ERP Cigam, além de atualizar a base de sistema para o Cigam 11, mais recente versão do software de gestão, e integrar o Cigam aos sistemas utilizados pelas concessionárias internacionais da marca e à solução de gestão da matriz da montadora na Suécia.

“As concessionárias e a ABRAVO aproveitaram o cenário atual econômico brasileiro para investir em tecnologia, encontrando na solução Cigam a oportunidade de obter maior produtividade para enfrentar a crise e se manter à frente do mercado de caminhões”, afirma Francisco A. J. Garcia, Diretor Executivo da ABRAVO.

Os novos módulos adquiridos incluem Business Inteligence (BI), Gestão de Resultados, Gestão Fiscal Municipal, CRM, Recebimento e Pré-Nota, XPI (para integração, monitoramento e automatização de processos de negócio), Controle de Alçadas e Soluções Mobile, que agilizam todo o processo de análise e tomada de decisão.

O projeto envolve a Rede Volvo no Brasil, o trabalho das equipes Cigam e da montadora, em um processo de integração internacional entre o Cigam e o sistema de concessionárias padrão internacional da marca.

Hoje, a rede de concessionárias utiliza o Cigam hospedado em servidores na Suécia. O novo projeto com a Cigam prevê também a transferência das instalações de server para o Brasil. A mudança no ambiente de infraestrutura será delicada, mas o resultado gerará um conjunto de benefícios em gestão, performance, agilidade, e autonomia para as demandas do cliente.

“Com o novo Cigam 11, as concessionárias ganham mais desempenho e menor consumo de recursos de infraestrutura. Isto porque a nova versão agrega as mais atuais tecnologias de gerenciamento de componentes otimização de recursos, assim como novas interfaces de acesso e controle, tornando o uso mais fácil e produtivo”, explica Robinson Oscar Klein, CEO da Cigam.

A nova versão também disponibiliza comunicação online com o Portal Colaborativo da Cigam, espaço onde o usuário pode identificar atualizações do sistema, documentação, novidades, além de solicitar suporte, treinamento, atualizações e gerenciar os atendimentos e prioridades, assim como acessar manuais, receber informações sobre as obrigações legais, evoluções de produto, cases de sucesso e demais notícias sobre a empresa e o produto Cigam.

O portal é uma grande central de comunicação e interação entre clientes, a rede Rede Cigam e a Universidade Corporativa Cigam, que permite a qualificação e certificação on-line.

Outro ganho são novas ferramentas que facilitam consultas, desenvolvimento de customização e criação de relatórios, gráficos, dando autonomia ao cliente na extração de informações, integração e automação de processos. Recursos que permitem a emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica – NFCe, que dispensa homologação do software pelo Fisco e permite o uso de impressora não fiscal, além de simplificar obrigações acessórias (dispensa de impressão de Redução Z e Leitura X, Mapa Resumo, Lacres etc) e ter transmissão em tempo real ou online também são novidades.

O Cigam 11 entrega, ainda, recursos novos para a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFSe Configurável, com a finalidade de atender a necessidades municipais referentes à emissão da NFSe. Com esta funcionalidade, o próprio usuário pode parametrizar a emissão da nota, conforme layout de cada município.

Com a implementação dos novos módulos, as concessionárias ganharam suporte a gestão com Business Intelligence, permitindo a análise de tendências, informações e estratégias gerenciais dinamicamente através de acesso mobile, com geração de dashboards e acompanhamento de indicadores, entre outros recursos. Já o módulo Gestão de Resultados trouxe ganhos como definição e monitoramento das margens das vendas, com base em custo padrão ou real e criação de cenários de vendas (metas), com seus respectivos acompanhamentos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s