GSMA anuncia projeto de conectividade rural na Tanzânia

A GSMA anunciou hoje, no Mobile 360 – África, o lançamento da primeira iniciativa de compartilhamento de infraestrutura ativa na África Oriental entre as operadoras de internet móvel Airtel, Millicom e Vodacom.

A GSMA anunciou hoje, no Mobile 360 – África, o lançamento da primeira
iniciativa de compartilhamento de infraestrutura ativa na África
Oriental entre as operadoras de internet móvel Airtel, Millicom e
Vodacom. As operadoras se comprometeram a lançar seis projetos piloto 3G
em todo o país para testar o fornecimento sustentável de serviços de
banda larga móvel para 13 milhões de pessoas carentes nas áreas rurais
da Tanzânia.

“Esta cooperação entre as operadoras da Tanzânia demonstra o
comprometimento da indústria em conectar os desconectados –
particularmente os milhões que vivem em áreas rurais –, possibilitando
que eles tenham acesso a serviços essenciais de internet”, disse Mats
Granryd, diretor geral da GSMA. “A inclusão digital se tornou uma
prioridade estratégica para as operadoras e para o governo. Baseando-se
nos 17 milhões de cidadãos que atualmente acessam a internet, esta
iniciativa incidirá sobre os outros 13 milhões de cidadãos da Tanzânia
que ainda não estão conectados à internet.”

O mercado de telefonia móvel na Tanzânia tem crescido significativamente
e, no final de 2015, havia mais de 17 milhões de assinantes móveis
individuais, representando 34 milhões de conexões em todo o país. Embora
o crescimento do setor na Tanzânia seja substancial, grande parte da
sociedade ainda se encontra fora do ambiente digital. A população de 49
milhões de pessoas da Tanzânia é amplamente dispersa, com 69% vivendo em
regiões rurais. Como a densidade populacional no campo varia
significativamente, as operadoras foram capazes, até agora, de
implementar as suas redes 2G para até 85% da população, enquanto que a
implementação da rede 3G é limitada, estando principalmente nas áreas
urbanas, resultando em uma cobertura de apenas 35% da população.

O acordo é o resultado de uma colaboração de um ano entre o programa
Sociedade Conectada da GSMA, as três operadoras locais e o governo da
Tanzânia. Os pilotos são estruturados em torno de uma metodologia
replicável para a implementação de redes de banda larga móvel,
proporcionando acesso crucial para o desconectado e a GSMA espera lançar
projetos semelhantes em outros mercados ao longo dos próximos três anos.

Granryd concluiu: “Para conectar os desconectados os governos com
grandes comunidades rurais precisam promover a aceleração da cobertura
nacional de banda larga por meio da liberação de espectro de baixa
frequência, incentivar os acordos comerciais para facilitar o
desenvolvimento da infraestrutura em áreas rurais e criar um ambiente
fiscal a fim de fornecer a internet móvel, mesmo nos locais mais
difíceis e desafiadores”.

Sobre a GSMA

A GSMA representa os interesses de operadoras de telefonia móvel em todo
o mundo, e une cerca de 800 operadoras com quase 300 empresas no mais
amplo ecossistema de telefonia móvel, incluindo fabricantes de celulares
e aparelhos portáteis, empresas de software, fornecedores de
equipamentos e provedores de Internet, bem como organizações de setores
adjacentes à indústria. A GSMA também produz eventos com liderança na
indústria como o Congresso Mundial de Telefonia Móvel, Congresso Mundial
de Telefonia Móvel de Xangai e conferências da Série Mobile 360.

Para mais informações, acesse o site corporativo da GSMA em www.gsma.com.
Siga a GSMA no Twitter: @GSMA.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada.
As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se
referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que
tem efeito legal.

Contato:

Para a GSMA
Charlie Meredith-Hardy, +44 7917 298428
CMeredith-Hardy@webershandwick.com
ou
David
Ntwampe Maila, + 27 72 015 4702
dmaila@webershandwick.com
ou
Assessoria
de Imprensa da GSMA
pressoffice@gsma.com

Fonte: BUSINESS WIRE

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s